SSPC/PB: CÁSSIO NÃO QUER DIÁLOGO COM DELEGADO E POLICIAL

CIDADES
Terça
-feira, 15 de novembro de 2005 * Paraíba b-3

SINDICATO EM DESTAQUE
[email protected]

SSPC/PB: CÁSSIO NÃO QUER DIÁLOGO COM DELEGADO E POLICIAL

Atendendo convite dos delegados de polícia no último dia 11, o Sindicato dos Servidores da Polícia Civil do Estado da Paraíba – SSPC/PB, através do presidente Antonio Erivaldo Henrique de Sousa e do Dr. Antonio Targino da Costa Neto, ambos compareceram ao auditório da OAB/PB, onde foi realizada uma Assembléia Geral Extraordinária do Sindicato dos Delegados de Polícia Civil do Estado da Paraíba – SINDEPOL-PB, presidido pelo delegado Isaias Olegário da Silva. Na oportunidade Erivaldo Henrique, fez uso da palavra externando total solidariedade aos delegados que reivindicam urgente plano de cargo carreira e vencimentos – CCV, uma das promessas de campanha do Governador Cássio Cunha Lima para todo Grupo GPC-600, seguro de vida e acidente em trabalho já anunciado pelo governo em fevereiro de 2003. Até agora não foi enviado qualquer projeto de Lei para Assembléia legislativa do Estado. A não incorporação das gratificações no ato da aposentadoria, ou seja, transformar as gratificações em subsídios, conforme garante a Emenda Constitucional nº 47/2005, também foi amplamente discutido na Assembléia. Erivaldo ainda agradeceu o apoio recebido dos delegados nas mobilizações dos atos públicos realizados nos dias 26, na cidade Campina Grande e no dia 28 de outubro na Avenida Epitácio Pessoa em frente à 3ª. Delegacia Distrital. As manifestações reivindicavam a modernização das policias civis. Dirigentes da SENASP-PB consideram que é “péssima estrutura física das delegacias da Paraíba e ficaram indignados com o que presenciaram falta de política de segurança publica, falta de estimulo para o policial, baixos salários, gratificações congeladas e as péssimas condições de trabalho e higiene nas delegacias”, afirmou Antonio Erivaldo, segundo ele, a reunião foi bastante proveitosa, participativa e democrática. Ele afirmou ainda aos presentes que o SSPC/PB dará continuidad e em todas Superintendências Regionais de Polícia Civil os atos públicos denunciando a sociedade paraibana o estado critico e de penúria do sistema de Segurança Pública da Paraíba e a falta de dialogo do Governador Cássio Cunha Lima.