Você está aqui
Home > 2004 ARQUIVO HISTÓRICO > SSPC-PB: Cássio massacra servidores estaduais

SSPC-PB: Cássio massacra servidores estaduais

CORREIO DA PARAÍBA

CIDADES
B-5 Paraíba *
Terça-feira, 26 de outubro de 2004

SINDICATO EM DESTAQUE
[email protected]

SSPC-PB: Cássio massacra servidores estaduais

 

O         presidente do Sindicato dos Servidores da Polícia Civil da Paraíba (SSPC-PB) Antonio Erivaldo Henrique de Sousa entende que o Governo do Estado há quase dois anos, vem massacrando os servidores estaduais. Apesar de todos os males, a entidade sindical parabeniza o funcionário pelo seu dia, que transcorre nesta quinta-feira, dia 28. “O funcionalismo não tem o que comemorar, especialmente os policiais civis. Eles não ganharam reajuste salarial. O funcionalismo, da administração direta e indireta, teve suas gratificações congeladas. O pagamento é feito com atraso. Há, ainda, o atraso no repasse de consignações dos sindicatos e associações de classe, medidas que prejudicam o funcionalismo. Atualmente, o funcionário não pode mais se aposentar. Caso o façam, são punidos com a perda da gratificação de risco de vida, ficando como provento o vencimento básico. Há um grande desrespeito ao direito adquirido e ao ato jurídico perfeito. O Governo não pagou as aulas dos professores da Acadepol desde maio. As condições das delegacias e do ambiente de trabalho são as piores possíveis. Estão sucateadas. Enfim, o governador Cássio Cunha Lima, com a ajuda dos seus deputados retirou quase todos os direitos dos servidores estaduais.”Então, o funcionalismo não tem o que comemorar” justificou Antonio Erivaldo presidente do SSPC/PB
Top