Policiais tratados como escravos

PUBLICIDADE
JORNAL O NORTE

INFORMATIVO SINDICATOS EM AÇÃO

06 JOÃO PESSOA/PB – TERÇA-FEIRA, 20 DE MARÇO DE 2007

POLICIAIS TRATADOS COMO ESCRAVOS

1 – O Presidente do SSPC/PB – Sindicato dos Servidores da Polícia Civil Estado da Paraíba, recebeu farta documentação que confirmam denuncias dos policiais civis lotados na 9ª. Superintendência Regional de Polícia Civil, sediada na cidade de Cajazeiras, alto sertão paraibano que, os PCs. estão trabalhando em regime subumano, principalmente os escrivões que trabalham em escala de 24 por 24 horas de descanso, tal regime afronta o direito dos trabalhadores em serviço público, a Lei Maior do nosso País e a Lei Complementar 58/2003, que foi sancionada pelo Governador Cássio Cunha Lima, garante ao servidor público trabalho de 30 horas semanais, e em regime de plantão 24 por 72 horas de descanso, os escrivões daquela SRPC não agüentam mais serem tratados por delegados como escravos, além da falta de condições na delegacia, onde torna o serviço insalubre, pela falta de higiene. “Valorizar o policial é investir na Segurança”.


CAJAZEIRAS A SEDE DA 9ª SRPC FOI DESPEJADA

2 – Na gestão que antecedeu Eitel Santiago de Brito Pereira atual secretário da Secretaria de Segurança Pública e da Defesa Social, o Sindicato dos Servidores da Polícia Civil do Estado da Paraíba, já tinha denunciado por varias através da imprensa que a sede da 9ª SRPC de Cajazeiras poderia ser despejada a qualquer momento por determinação judicial, haja visto que o aluguel não estava sendo pago, sem sede própria a 9ª SRPC, esta funcionando provisoriamente no prédio que funcionam duas delegacias distritais 1ª e 2ª DD, os policiais civis que prestam serviço em Cajazeiras importante cidade do sertão, clamam as autoridades que olhem para eles pois “foi Cajazeiras que ensinou a Paraíba ler”.
Afirma, Antonio Erivaldo Henrique de Sousa presidente do SSPC/PB, que não é só em Cajazeiras o caos na Segurança Pública da Paraíba, a maioria das delegacias não oferecem as mínimas condições de trabalho, e as condições físicas são as piores, policiais desvalorizados e desestimulados um motorista policial percebe salários de R$ 900,00 com todas as vantagens além de ser responsável pela viatura que é um patrimônio do Estado é responsável por vidas, sabemos das dificuldades que o atual secretário Eitel Santiago tem enfrentado a frente da SEDS, que tem uma estrutura de segurança pública arcaica e ultrapassada, assim declarou uma comissão de estudiosos no assunto sobre modernização das policias civis do Brasil.

ADQUIRA SEU OI JÁ OU NUNCA MAIS!

3 – O Sindicato dos Servidores da Polícia Civil do Estado da Paraíba – SSPC/PB, informa aos policiais civis que ainda não adquiriram seu telefone celular OI, se dirijam à sede do SSPC/PB, na avenida General Osório n° 90 centro João Pessoa, as inscrições são limitadas ao plano OI Empresa, não tem taxa de adesão, o plano oferece, R$ 50,00 de crédito para ligar de OI para OI extra grupo ao valor de R$ 0,17 o minuto, e dentro do grupo use e abuse das ligações sem tarifamento, valor total da fatura mensal é de R$ 59,93, maiores informações com Vilson ou Targino, Telefones 3241.7033 ou 3241 8103.