Você está aqui
Home > 2010 ARQUIVO HISTÓRICO > POLICIAIS DEIXAM A CÂMARA E PROMETEM CONTINUAR NA LUTA PELO PISO NACIONAL

POLICIAIS DEIXAM A CÂMARA E PROMETEM CONTINUAR NA LUTA PELO PISO NACIONAL


camarasinpol2010Por falta de acordo entre governo e a oposição, a sessão da Câmara foi cancelada (terça – feira). Os agentes penitenciários e policiais civis, militares e do corpo de bombeiros deixaram ontem (quarta – feira) 18, o Salão Verde da Câmara Federal ao canto do Hino Nacional

Antes de saírem da Câmara, o grupo, de mais de 200 companheiros, decidiram permanecerem cobrando do governo e dos parlamentares a votação do Piso Salarial Nacional. Até agora, nenhuma matéria foi votada no último esforço concentrado da Câmara antes das eleições de outubro.

OCUPAÇÃO

2 – Ao perceberem que a votação da proposta de piso salarial dos policiais Civis, Militares e do Corpo de Bombeiros (PECs 300/08 e 446/09) e a PEC 308/04, sobre a criação da Polícia Penal, corriam o risco de não serem levadas ao plenário, representantes da categoria ocuparam o Salão Verde da Câmara na noite da terça-feira (18). E só desocuparam ontem no início da tarde.

O presidente da Confederação Brasileira dos Trabalhadores Policiais Civis (Cobrapol), Jânio Bosco Gandra, informou que os policiais e agentes penitenciários pretendiam ficar no Salão Verde da Câmara até a votação das PECs. A Nova Central Sindical de Trabalhadores que estar solidária com a justa luta dos PCs e Agentes Penitenciários disse que houve tumulto no momento, e a Polícia Legislativa usou armas de choque contra os manifestantes, fato repudiado pelos sindicalistas aumentando a frustração e revolta, concluiu Antonio Erivaldo Henrique de Sousa presidente do SSPC/PB.

Top