Policiais civis realizam assembléia na 2ª

CORREIO DA PARAÍBA

Cidades – Paraíba * Sábado, 05 de maio de 2007 – B5

SINDICATO DENUNCIA MÁS CONDIÇOES DE TRABALHO

Policiais civis realizam assembléia na 2ª

JOSÉ ALVES

Policiais Civis do Estado da Paraíba estarão realizando na próxima segunda-feira, às 20h, na sede do sindicato na avenida General Osório, em João Pessoa, uma assembléia geral para discutir os rumos da categoria. De acordo com o presidente do Sindicato dos Servidores da Policia Civil, Antonio Erivaldo de Sousa, ao final da assembléia um documento contendo todas as reivindicações da categoria será entregue ao governador Cássio Cunha Lima e ao Secretário de Segurança Pública e Defesa Social, Eitel Santiago.
As principais reivindicações dos policiais que incluem delegados, agentes e escrivões, são por melliores salários e melhores condições de trabalho, além do plano de cargo, carreira e remuneração, que segundo .Erivaldo, foi uma promessa do governador Cássio Cunha Lima, desde abril do ano passado. Eles também reivindicam a publicação das ascensões funcionais que estão engavetadas a dois anos, além das aposentado.rias e proventos integrais.

Exoneração

O presidente do sindicato revelou que mais de 400 dos agentes, escrivaes e delegados recém contratados pelo Estado, pediram exonerações dos cargos nos últimos dois anos por conta das péssimas condições de trabalho e por causa dos baixos salários.

Maioria trabalha desarmado

Ele revelou também que a maioria dos policiais civis recém contratados estão trabalhando desarmados porque não existem armas na Secretaria de Segurança Pública do Estado. Erivaldo disse ainda que no período de 2003 a 2005 a Secretaria de Segurança só comprou 231 armas entre revólveres e fuzis, conforme relatório da Secretaria Nacional de Segurança Pública.