Você está aqui
Home > Destaque1 > PARLAMENTARES SÓ APOIAM REFORMA DA PREVIDÊNCIA SE ISONOMIA COM MILITARES FOR ACATADA NO PARECER DO RELATOR

PARLAMENTARES SÓ APOIAM REFORMA DA PREVIDÊNCIA SE ISONOMIA COM MILITARES FOR ACATADA NO PARECER DO RELATOR

A COBRAPOL, através de seu presidente André Luiz Gutierrez e outros dirigentes da entidade, de federações e sindicatos, participou no último dia (12) de várias reuniões e manteve inúmeros contatos com parlamentares na Câmara dos Deputados com o objetivo de assegurar, no relatório da Reforma da Previdência, o mesmo tratamento que o governo está dando aos militares.

Segundo Gutierrez, a COBRAPOL  e demais organizações que integram a União dos Policiais do Brasil (UPB) não aceitam a exclusão dos profissionais de segurança do texto que o relator, deputado Samuel Moreira, apresentará hoje (13) ainda na Comissão Especial que discute o mérito da PEC 6/2019. “Vamos lutar até as últimas consequências para garantir a aposentadoria diferenciada dos policiais civis e demais profissionais de segurança, assim como foram contemplados os militares no texto da PEC”, afirmou Gutierrez.

O presidente da COBRAPOL informou que foram realizados vários contatos com deputados, principalmente os representantes da segurança pública no Congresso Nacional, que se comprometeram a lutar pela inclusão da emenda defendida pelos profissionais de segurança no parecer do relator. Há uma lista de parlamentares que assumiram o compromisso de só apoiar a reforma caso a a paridade com os militares seja acatada e garantida no texto do relator.

Ainda ontem (12), a COBRAPOL e demais entidades da UPB reuniram-se com a bancada do PSL que, da mesma forma, condicionou seu apoio à reforma à garantia da paridade com  os militares.

Gutierrez acrescentou que o trabalho vai ter continuidade ao longo de todo dia quando a Comissão Especial se reúne para receber o parecer à PEC.

Fonte: COBRAPOL

Top