Novos concursos abrem 1.270 vagas na Civil e na Cehap

JORNAL A UNIÃO

Novos concursos abrem 1.270 vagas na Civil e na Cehap

Destaque – 02 de agosto de 2008

Secretaria da Administração confirma que os dois editais vão ser lançados dentro de 15 dias e candidatos vão disputar classificação em 28 funções que oferecem salários de até R$ 4,8 mil.

Os editais que definirão as regras dos concursos para o preenchimento de vagas para os quadros da Polícia Civil e Cehap – Companhia Estadual de Habitação Popular serão divulgados em aproximadamente 15 dias. Foi o que garantiu, nesta sexta-feira (2), o secretário de Estado da Administração Gustavo Nogueira, acrescentando que serão oferecidas 1.146 vagas para a Secretaria de Segurança e da Defesa Social e 124 para a companhia de habitação.

A Polícia Civil oferece o maior número de vagas para agente de investigação (569), com um salário mensal de R$ 1.585,86. Para concorrer, o interessado terá que ter concluído qualquer curso superior. O maior salário, no entanto, é oferecido para o cargo de delegado (R$ 4.822,54), que dispõe de 33 vagas e também exige o nível superior (Direito).

Estão previstas ainda vagas para as pessoas de nível superior aos cargos de perito criminal (35), perito-médico legal (26) e perito-odonto legal (16), com salários mensais de R$ 3.839,64. As pessoas que se interessarem pelo cargo de escrivão (214 vagas), cujo salário inicial é de R$ 1.585,86, também terão que ter curso superior.

Segundo a Secretaria de Administração, também serão selecionadas pessoas para as funções de papiloscopista policial (5), técnico em perícia (48) e motorista (200). Para estes, é exigido apenas o nível médio e os salários iniciais oferecidos são de R$ 1.355,75, e R$ 999,05, respectivamente.

Para a Cehap, o Governo do Estado oferece 124 vagas às pessoas que tenham curso superior específico, sendo distribuídas para os cargos de advogado (7), assistente social (15), engenheiro civil (10), arquiteto (5), contador (5), administrador (2), analista de sistema (2) e bibliotecário (1). O salário inicial é de R$ 1.286,39.

Os pretendentes que tenham o nível médio ou equivalente poderão concorrer para topógrafo (2), assistente técnico (20), desenhista (3), projetista (1), assistente administrativo (15), digitador (2) e programador (3), com salário de R$ 1.008,91. Para quem tem nível fundamental ou equivalente, estão aptas às funções de auxiliar de serviços administrativos (5), auxiliar de serviços gerais (15), motorista (5) e vigilante (6), que oferecem salários de R$ 576,80.

Os preços das inscrições para todos os cargos da Polícia Civil e da Cehap ainda não foram definidos e, a exemplo de outras questões, como locais das inscrições, datas de provas etc, somente serão divulgados quando da liberação dos editais pela Secretaria de Estado da Administração, segundo o secretário Gustavo Nogueira, que destaca a decisão do governador Cássio Cunha Lima de transformar a Paraíba numa verdadeira “usina de concursos”.

Nogueira adiantou que já foram criadas mais de 12 mil vagas pelo Governo do Estado, inclusive, com a nomeação de mais de seis mil servidores concursados. Além de criar empregos, o Estado se destaca por oferecer condições para quem tem competência, uma vez que os concursos são realizados com lisura, garante o secretário. Até dezembro, a Secretaria estará publicando os editais para quatro outros concursos: Secretaria da Educação, Secretaria da Saúde, Fundac e Orquestra Sinfônica.

O Governo também tem valorizado o servidor estadual com os famosos Planos de Cargos, Carreira e Remuneração. Na duas gestões de Cássio já foram aprovados 25 planos pela Assembléia Legislativa. Recentemente, foram os policiais civis e os funcionários ANS que foram beneficiados, e até o final do ano serão implantados também os PCCRs dos servidores do Detran, Junta Comercial, Procuradoria Geral do Estado e da Controladoria Geral.

Bastos Farias

Chefe de Reportagem