NOTA – POLÍCIA CIVIL DA PARAÍBA DE LUTO

 

O Sindicato dos Servidores da Polícia Civil do Estado da Paraíba – SSPC/PB, vem de público prestar irrestrita solidariedade aos familiares do companheiro Agente de Investigação Klaus Cruz de Lima, que foi assassinado por um dos presos que estava na sala do delegado para ser interrogado na cidade de Patos que fica no auto sertão paraibano, o fato aconteceu no último domingo (29).
Sobrecarga de trabalho leva o profissional a cometer algumas negligências tomadas pelo cansaço físico e mental, pois a profissão de ser policial é uma das mais estressantes do mundo, além da perca da vida em pleno exercício do trabalho, a viúva e os filhos irão amargar redução nos valores da pensão em que o governo estadual ser reserva de espécie alguma a categoria subtrai gratificações e vantagens desses trabalhadores heróis anônimos.
Por último o governo federal, também é outro invencível, nessa reforma da previdência propõe no projeto de lei 287/2016 , o fim da aposentadoria especial do policial civil, federal e rodoviário federal, aumentando a idade para 65 anos e compulsoriamente aos 70 amos de idade e o fim da paridade com integralidade, desconhecendo que a média de vida para estes trabalhadores quando não morrem em serviço e 55 anos de idade.

A Diretória