Você está aqui
Home > 2012 ARQUIVO HISTÓRICO > MINISTROS BRASILEIROS, EM OUTRAS PALAVRAS: CADEIA É FEITA PARA POBRES!

MINISTROS BRASILEIROS, EM OUTRAS PALAVRAS: CADEIA É FEITA PARA POBRES!

fig17t2012Depois que o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, deu declarações sobre a ‘qualidade’ do sistema prisional brasileiro, os ministros Antônio Dias Toffoli e Marco Aurélio, do Supremo Tribunal Federal (STF), defenderam que “é melhor cobrar do bolso do condenado do que tirar-lhe a liberdade”. Em outras palavras: cadeia é feita para pobre. Seguem as declarações munidas de seus eufemismos.

“Já ouvi aqui que o pedagógico é colocar pessoas na cadeia, mas o pedagógico é recuperar valores desviados” (Dias Toffoli).

“A parte mais sensível do corpo humano é o bolso” (Marco Aurelio).
As declarações repercutiram no site da Agência Brasil e exigem a reflexão: quem não dinheiro para pagar essa conta vai quitá-la com o quê? Cadeia é a resposta.
Assim, como todos já sabíamos (mas nunca da boca de ministros), cadeia é lugar para “Catita”, “Chorão”, “Pé-na-jaca” e etc.

A solução dos problemas

Concordamos até certo ponto que muitos crimes não deveriam ser punidos com reclusão. Muitos analfabetos que estão presos no Brasil não têm coragem de matar uma mosca. O máximo que fazem é um bote num aparelho celular (de preferência sem que a vítima perceba, para não ter que entrar em lutar corporal) e saem correndo com o produto do furto. Casos como este poderiam ser repensados: “quer tapar buraco na rua ou ir para a cadeia?”

Porém, perdoem-nos as Vossas Excelências do STF, se o Brasil precisa transformar seu sistema prisional, a primeira e urgentíssima medida que deve ser tomada é mandando criminosos de posse para a prisão. É dessa forma que as grandes autoridades políticas e jurídicas do país passarão a “se preocupar” com aquele ambiente fedido e carente de tudo.

FONTE:
ParaibaQAP

Top