Informativo Sindicatos em Ação

PUBLICIDADE
JORNAL O NORTE

INFORMATIVO SINDICATOS EM AÇÃO

A6 JOÃO PESSOA/PB – TERÇA-FEIRA, 19 DE JUNHO DE 2007

O Sindicato dos Servidores da Polícia Civil do Estado da Paraíba – SSPC/PB, convoca todos os policiais civis do Estado, para uma grande concentração HOJE 19 as 08:00 hs, na praça João Pessoa, centro da capital, e será servido um café da manhã juntamente com a imprensa paraibana, os policiais civis de nível médio que iniciaram uma greve no dia 01 do corrente e atendendo pedido do secretário Eitel Santiago em nome do governador do Estado Cássio Cunha Lima deu uma trégua de seis dias que tinha como objetivo de uma possível evolução nas negociações da pauta entregue ao secretário Eitel desde o dia 08 de maio, sem avanço e sem dialogo por parte do governo os PCs, reunidos em Assembléia Geral no último dia 13 a classe deliberou pela retomada da greve a partir da última sexta feira dia 15 até que o governo apresente uma proposta decente, o mais revoltante foi que até a presente data o governador não conversou com o sindicato da classe.

Os agentes, escrivães auxiliares de perito e demais servidores do Grupo GPC-600 de nível médio reivindicam 50% dos 1.500,00 que foi dado aos delegados de polícia, ou seja, 750,00, ascensão funcional, plano de cargo carreira e remuneração e aposentadoria com proventos integrais.
Todos as 12 Superintendências Regionais de Polícia foram avisadas por meio de ofício do retorno à greve, mantendo-se os 30% do efetivo para os casos emergenciais, os demais policiais civis comparecem as delegacias e manténs de braços cruzados, pelo fato das constantes ameaças de uma possível invasão por parte da PM, caso os PCs, abandonem; os delegados em número de 320 não participam do movimento paredista no momento.
O presidente do Sindicato dos Servidores da Polícia Civil Antonio Erivaldo, informa que as retaliações já começam a surgir por parte de alguns delegados a mando da cúpula da secretaria da segurança. Delegados coordenadores e coordenadoras, neste final de semana visitaram as delegacias da grande João Pessoas, pedindo o nome de quem não estava registrando ocorrências nas delegacias e ameaçando de forma coercitiva e violenta, ao ponto de arrancarem e rasgar as faixas nas delegacias, com o seguinte dizer (POLÍCIA CIVIL EM GREVE), vale salientar que este tipo de vandalismo é praticado por meia dúzia de delegados (as) individualistas, arrogantes e bajuladores do governo.