Você está aqui
Home > 2011 ARQUIVO HISTÓRICO > FOI UM SUCESSO O SHOW DAS PECs. 300/446

FOI UM SUCESSO O SHOW DAS PECs. 300/446

fig05g2011Foi um sucesso o ato-show promovido pela Cobrapol e o Sindicato dos Funcionários da Polícia Civil do Estado do Amazonas (Sinpol-AM), dia 1º de abril, em prol da aprovação pelo Congresso Nacional das Propostas de Emenda à Constituição (PECs) 446/300, que criam o Piso Salarial Nacional para os policiais civis, militares e bombeiros.

A atividade contou com a participação de centenas de policiais e representantes de diversas entidades sindicais e de classe de diferentes estados brasileiros. Em função de uma forte chuva, o ato realizado na Praça do Congresso, centro da capital amazonense, teve seu início atrasado em duas horas e começou somente às 18h. Músicos e atrações da terra, como a dançarinos de boi, se apresentaram no palco do ato-show.

As PECs 446/300 foram aprovadas em primeiro turno no plenário da Câmara dos Deputados, na forma da Emenda Constitucional n° 2, no início de março do ano passado. No entanto, sua tramitação foi interrompida em função de um acordo entre líderes partidários no Congresso e o governo Lula. As PECs criam um Piso Salarial Nacional para os policiais civis, militares e bombeiros. Desde que a presidente Dilma e os novos deputados assumiram, a Cobrapol vem realizando um trabalho de convencimento dos parlamentares e busca um diálogo com o governo para que a matéria retorne à pauta de votação da Câmara,conta com o apoio da Nova Central Sindical de Trabalhadores-NCST.

De acordo com o presidente da Cobrapol, Jânio Bosco Gandra, o próximo ato deve acontecer somente no dia 29 de maio, em Cuiabá, capital do Mato Grosso. “Queremos percorrer todas as capitais que sediarão a Copa do Mundo de 2014, para chamar a atenção do governo e da sociedade para o pleito dos policiais, que nada mais é que uma questão de segurança pública”, afirmou.

Nesse meio tempo, estão sendo programadas diversas ações em Brasília, no Congresso Nacional, como a realização de painéis humanos e representações teatrais. “São atividades lúdicas e ao mesmo tempo de protesto que devem acontecer ao longo do mês de abril”, informou Gandra.

Fonte: Imprensa Cobrapol

Top