Você está aqui
Home > 2004 ARQUIVO HISTÓRICO > Escrivães policiais são lesados

Escrivães policiais são lesados

CORREIO DA PARAÍBA

CIDADES
Terça-feira, 22 de junho de 2004

SINDICATO EM DESTAQUE
[email protected]

Escrivães policiais são lesados

 

Os escrivães recém nomeados da Policia Civil se sentiram lesados ao observarem o valor de seus primeiros contra-cheques. O valor correspondia a R$ 840,93, quando a remuneração, fixada pelo edital do concurso, deveria ser de R$ 1.043,39, igual ao que percebem os agentes de investigações. Ou seja, igual para todos os cargos de nível médio.

O      presidente do SSPC-PB, Antonio Erivaldo já manteve uma conversa com o secretário de Administração, Mizael Morais, junto com o superintendente geral da Policia Civil, Gerson Barbosa. Mas até agora o secretário preferiu dar como resposta o silêncio.

Os escrivães, caso o governador Cássio Cunha Lima não equipare os salários, vão fazer o famoso “corpo mole”. Segundo Erivaldo, “há muito tempo, reina no seio da categoria a insatisfação e o desestímulo total. Perde o policial e perde a sociedade, que clama por mais segurança pública” frisou

Top