Você está aqui
Home > 2011 ARQUIVO HISTÓRICO > COBRAPOL DEFENDE A CONSOLIDAÇÃO DO CONASP

COBRAPOL DEFENDE A CONSOLIDAÇÃO DO CONASP

fig04w2011Os membros do Conselho Nacional de Segurança Pública (Conasp) se reuniram no último dia 23, em Brasília para discutir os efeitos do Decreto 7.413, publicado no Diário Oficial da União (DOU) de 31/12/2010, e que trata da estrutura, composição, competências e funcionamento do Conasp.

Entre eles, participou o presidente da Cobrapol, Jânio Bosco Gandra, representando os policiais civis e federais. Logo na sua primeira fala, no início da manhã, Gandra questionou a posição do governo Dilma no que se refere ao papel e a atuação do Conselho, que estão ameaçados com a publicação do Decreto 7.413. “Até que ponto o governo está disposto a dividir a política segurança pública com as entidades classistas e a sociedade civil?

Nós temos a responsabilidade de defender que os pactos feitos anteriormente sejam garantidos, porque senão seremos conselheiros de nada e eu não vou me prestar a esse papel”, afirmou ele, questionando os efeitos do decreto, que em nenhum momento foi discutido com os conselheiros antes de ser editado.

A reunião foi aberta pela Secretária Nacional de Segurança Pública, Regina Miki, então presidente do Conselho.

Por: Giselle do Valle
Fonte: Imprensa Cobrapol

Top