APÓS O INCIDENTE UMA COMISSÃO DE SINDICALISTAS SE REUNEM COM DIRETORES DA CÂMARA LEGISLETIVA FEDERAL PARA PROTOCOLAR DOCUMENTO E LIBERAR COMPANHEIROS HOTILIZADOS A MANDO DO GOVERNO TEMER

Diretores da COBRAPOL e representantes da UPB foram recebidos pelo Diretor Geral da Câmara Federal, Lúcio Henrique Xavier Lopes, para liberar cinco (05) companheiros detidos pela Polícia Legislativa da Câmara Federal, quando foram impedidos de entrar naquela casa que dizem ser a casa do povo para protocolar um pedido de retirada do Deputado Arthur Maia (PPS-BA), relator da PEC 287/2016, que tira direitos dos trabalhadores e dos Policiais Civis, Federais, Policiais Rodoviários Federais, Agentes Penitenciários e Guardas Civis Municipais. Os manifestantes foram hostilizados a mando do governo com bombas de gás e spray lacrimogêneo, impedindo a entrada pacifica de todos os sindicalistas representantes dos policiais do país.

Concluiu Antonio Erivaldo Henrique de Sousa, integrante da comissão, presidente do Sindicato dos Servidores da Polícia Civil do Estado da Paraíba – SSPC/PB e Diretor da COBRAPOL.

Da Assessoria