A EQUIPE ECONÔMICA DO GOVERNO DISCUTE PROPOSTAS SALARIAIS APRESENTADAS PELO SSPC/PB

PUBLICIDADE
JORNAL O NORTE

INFORMATIVO SINDICATOS EM AÇÃO

A6 JOÃO PESSOA/PB – TERÇA-FEIRA, 18 DE MARÇO DE 2008

A EQUIPE ECONÔMICA DO GOVERNO DISCUTE PROPOSTAS SALARIAIS APRESENTADAS PELO SSPC/PB

1 – As entidades associativas e sindicais da polícia civil paraibana, ASPOCEP, APC-PB, ADEPOL/PB, SINDEPOL e SSPC/PB, na última terça feira dia 11-03-2008, participaram ativamente da audiência com o Secretário da Administração do Estado Gustavo Nogueira, mas nada mudou até a presente data. O presidente do Sindicato dos Servidores da Polícia Civil do Estado da Paraíba – SSPC/PB Antonio Erivaldo Henrique de Sousa, entregou ao secretário Nogueira três propostas salariais, que contemplam todo grupo GPC-600, no final da reunião cada entidade indicou um técnico para se reunirem com os técnicos da Administração e fazerem as respectivas repercussões financeiras, cujas planilhas devem ser apresentadas ainda esta semana às entidades acima citadas. Para Erivaldo, os policiais civis de nível médio continuam, mobilizados e ansiosos, pois estão percebendo um dos menores salários do Brasil, naquela oportunidade o SSPC/PB, reiterou os compromissos negociados na suspensão da greve dos policiais civis em junho/2007, pelos Secretários Eitel Santiago de Brito Pereira e Gustavo Nogueira em nome do Governador do Estado Cássio da Cunha Lima, “Plano de Cargos Carreiras e Remuneração – PCCR, aposentadoria com proventos integrais, aos 30 anos de serviço, para homens e 25 mulher, independente da idade, ascensão funcional automática, nível superior para o ingresso nos cargos de Agentes de Investigação e Escrivão de Polícia, a exemplo de outros Estados, tratamento igualitário entre ativos, inativos e pensionistas, que seja garantido a proporcionalidade de 2/3 dos vencimentos dos delegados de polícia para o nível médio, que foi mantido por mais de 20 anos, transformação das gratificações em subsídios, como determina a Constituição Federal”. Afirma Erivaldo que o Sindicato dos Servidores da Polícia Civil, continua aberto ao diálogo com o governo, para que se evite um colapso, que não será bom para as entidades, a população e nem para o governo. “Não há Segurança sem valorização do Bom Policial!”

MOMENTO DE REFLEXÃO

2 – Mateus 7:11 Se vós, pois, sendo maus, sabeis dar boas coisas aos vossos filhos, quanto mais vosso Pai, que está nos céus, dará bens aos que lhe pedirem?